o público correspondeu com forte ovação

João Telles Júnior foi autor de duas exibições agradáveis e distintas uma da outra. Na primeira, frente a um Prudêncio, fez batidas ao pitón contrário, resultando algumas delas menos cingidas e outras tantas, de melhor nível, a culminar em bons curtos. Na segunda, frente ao toiro ganhador dos dois troféus (Bravura e Apresentação), o Fernandes de Castro, andou todavia mais coeso, terminando com dois violinos e um palmo à meia volta, a que o público correspondeu com forte ovação.